Portal do Governo Brasileiro

A penitenciária Feminina de Boa Vista possui 104 inclusas que cumprem pena, principalmente, por tráfico de drogas. Vindas de várias partes do Brasil e de outros países, além de índias das etnias macuxi e wapichana, muitas delas se arriscaram no tráfico para assegurar o sustento dos filhos ou acompanhar seus companheiros.

Essa realidade foi constatada com cerca de 90% das participantes do projeto, de acordo com pesquisa realizada pelo Cefet-RR e a administração da penitenciária. Em relação à escolaridade, a maioria não concluiu o ensino médio e cerca de 6% são analfabetas.

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal