Portal do Governo Brasileiro

Alunas falam sobre suas expectativas

Yannick Cabassu, representante da Associação Comunitária do Colleges Canadenses (ACCC), e Deb Blower, do Red River College, visitaram as alunas do curso básico de qualificação profissional em conservação, congelamento e preparo de alimentos, ofertada pelo Instituto Federal do Maranhão (Ifma) para as moradoras da Vila Palmeira.  

A ocasião foi marcada por um bate-papo descontraído, com as alunas respondendo questões sobre mercado de trabalho, transporte, expectativas em relação ao curso, sugestões e sobre o que mudou em suas vidas depois que passaram a frequentar as aulas.

Ana Leila Penha disse sentir-se mais valorizada. “Fiquei sabendo do curso pelo meu filho”, relata. Para Conceição Sousa, mais do que melhora na qualidade de vida pessoal e profissional, o Mulheres Mil realizou o sonho que ela tinha de ser uma aluna do Instituto. “Nunca pensei estar aqui”, complementou.

Para Yannick, as respostas demonstram que o Mulheres Mil no Maranhão está funcionando muito bem, porque há gestão partilhada com a reitoria, pró-reitorias e parceiros. “Já temos um ano e meio de curso e não há índices de evasão. Isso é maravilhoso”, comemora o canadense.

Deb Blower relata que foi possível ver em sala a confiança das alunas. “Elas estavam tão empolgadas que tentavam se expressar na língua estrangeira, respondendo a perguntas básicas, além de revelar os sonhos que pretendem realizar quando se formarem em novembro”, conta a facilitadora.

O Mulheres Mil, segundo Deb Blower, traz benefícios para as alunas e suas família. “O Instituto Federal do Maranhão passa a ser um espaço onde elas unem o aprendizado que já possuem, com o de sala de aula, estendendo-o para os filhos, que se empolgam vendo as mães indo para a escola”, avalia Deb.

Vadália Andrade – Assessoria de imprensa IFMA

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal