Portal do Governo Brasileiro
John Reimers e Nelson Toupin falam sobre cursos profissionalizantes na área alimentos (Gerônimo Vicente)
As oficinas ministradas pelos docentes canadenses para os gerentes dos projetos do Mulheres Mil nos estados de Alagoas, Roraima, Pernambuco e Maranhão terminaram nesta sexta-feira (19/5). A reitora do Red River College, Marti Ford, falou sobre o sistema de acesso desenvolvido pelos colleges para garantir o acesso dos aborígenes à educação profissional. Ford ressaltou a necessidade e a importância de estabelecer parcerias com o setor produtivo para garantir o ingresso das alunas no mercado, pontuando que deve ser feito um trabalho de sensibilização junto às empresas.

John Reimers, do Red River College, e Nelson Toupin, do Cegep Régional de Lanaudièree, relataram as experiências educacionais, nas áreas manipulação e comercialização de alimentos, implantadas nas instituições canadenses e fizeram sugestões para potencializar o plano de educação dos cursos.

A oferta de capacitação para os demais professores que integram a equipe multidisciplinar do programa foi uma das sugestões propostas para dar continuidade ao intercâmbio de experiência entre os docentes dos dois países.

Nos quatro Estados, cerca de 500 mulheres serão beneficiadas com a oferta de cursos na área de alimentos. Moradoras de comunidades carentes, a maior parte responde sozinha pelo sustento dos filhos. Para garantir a geração de renda e emprego, a meta é organizar cooperativas de produção.

Gerônimo Vicente – Assessoria de imprensa do IFAL.
© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal