Portal do Governo Brasileiro

Alunas receberam certificados

Sete alunas da primeira turma do curso de capacitação do Mulheres Mil em Sergipe foram aprovadas em teste do Proarte, programa ligado à Secretaria de Estado do Trabalho e reconhecido pelo Ministério do Trabalho e Programa do Artesanato Brasileiro (PAB). Com isso, elas serão reconhecidas como artesãs e receberão, em breve, a sua carteira profissional.

“Esse reconhecimento técnico-profissional por uma instituição credenciada no Ministério do Trabalho é uma importante conquista para essas mulheres do bairro Santa Maria, além de ser uma consolidação da primeira turma do projeto no encaminhamento ao mercado de trabalho”, avalia a coordenadora estadual do Mulheres Mil, professora Nara Vieira de Souza.

Os testes foram realizados nos dias 13 e 20 de abril na sede do Proarte, em Aracaju. Cada aluna levou dois produtos prontos e também matéria prima para produzir e mostrar habilidade em produto de livre escolha na presença do técnico avaliador do Programa de Artesanato de Sergipe.

Os produtos testados foram: arte com papel, fuxico, amarradinho e trabalhos em acessórios como sandálias e bolsas, reaproveitando tecidos e outros resíduos sólidos. De acordo com Nara Vieira, outras 13 alunas do projeto estão prontas para submeter-se ao teste ainda em maio.  

A carteira profissional de artesã garantirá às mulheres o direito a participar de feiras e eventos nacionais e internacionais com o Proarte; envio de peças para comercialização fora do estado através do programa e direito à retirada de nota fiscal (pagando taxa mínima) na Exatoria do estado para saída de produtos artesanais que estejam aprovados na carteira de cada uma.

Nara Vieira informa que está buscando, junto à prefeitura de Aracaju, um ponto comercial na praça Teófilo Dantas, centro do cidade, onde acontece a feira de artesanato permanente, para essa primeira turma do projeto. 

Assessoria de imprensa do IFS

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal