Portal do Governo Brasileiro

Em Manaus, o projeto atenderá às cidadãs que residiam nas comunidades dos igarapés do entorno da zona urbana. Elas receberão capacitação na área de turismo e também serão encaminhadas para o mercado de trabalho. Com duração de 300h, a capacitação terá duração de um ano. Na grade curricular, estão previstos conteúdos teóricos, com oferta de módulos básicos de matemática, português, línguas e os específicos na área de turismo.

Os conteúdos específicos oferecem embasamentos necessários para a vida na comunidade, pois elas serão multiplicadoras de informações e, conscientização para os problemas de saúde e meio ambiente. O empreendedorismo é uma das vertentes do projeto e tem como objetivo estimular a criação de alternativas solidárias para a geração de emprego e renda, por meio da organização de cooperativas ou associações. Viabilizando, assim, que as alunas possam optar em vender o serviço de camareira para condomínios ou residências de Manaus.

Além de preparar as mulheres para o acesso ao mundo do trabalho, a meta é torná-las conhecedoras de seus direitos e deveres para poderem exercer a sua cidadania. Para isso, serão trabalhados conteúdos transversais, tais como direito e saúde da mulher, meio ambiente, etc.

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal