Portal do Governo Brasileiro

Sistema de Acessos e Permanência de Referência

O Projeto Mulheres Mil – Educação, Cidadania e Desenvolvimento Sustentável, se constitui em uma ação colaborativa entre o Brasil e o Canadá com a visão estratégica de atendimento dos compromissos e diretrizes das políticas públicas do Governo Brasileiro e dos acordos internacionais assumidos pelos dois países.

 

O projeto tem como financiadores e executores pelo lado Brasileiro, a Agência Brasileira de Cooperação – ABC, o Ministério da Educação, através da secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, a Rede Norte Nordeste de Educação Tecnológica, os Centros Federais de Educação Tecnológicas e Escola Técnica das Regiões Norte e Nordeste, pelo Canadá, a Association of Canadian Community Colleges – ACCC, a Canadian International Development Agency – CIDA e os Colleges Canadenses. Na execução do projeto temos o CONCEFET e no âmbito nacional temos como grande parceiro o BNDES.

O projeto está inserido nas prioridades das políticas públicas do Governo Brasileiro, especialmente nos seguintes eixos:

  • Foco na promoção da equidade;
  • Articulação das temáticas de gênero, equidade e diversidade étnica;
  • Educação profissional e tecnológica como estratégia de desenvolvimento e de inclusão social;
  • Educação de jovens e adultos com formação profissional e tecnológica e elevação de escolaridade, permitindo maior trânsito e acesso ao mundo do trabalho e a cidadania;
  • Desenvolvimento local e regional como estratégia de integração e de sustentabilidade.

No âmbito internacional, o projeto contribuirá para o atendimento dos compromissos e diretrizes da política externa do Governo brasileiro, no sentido de promover o desenvolvimento econômico-social, a integração e redução das desigualdades, especialmente:

  • Redução da Pobreza – Metas do Milênio (ODM) – ONU;
  • Programa Educação para Todos (UNESCO) – Acesso e qualidade;
  • Programa Brasil-Canadá para Cooperação Internacional – “Promoção de Intercâmbio de Conhecimento para a Promoção da Equidade (PIPE) – 2006-2010”;
  • Setores: governança, mundo do trabalho, saúde;
  • Temas transversais: igualdade de gênero; igualdade étnica;
  • Concentração regional: nordeste e norte.
  • Estruturar e capacitar as 13 Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica das regiões norte e nordeste a desenvolverem metodologias, ferramentas técnicas e currículos para proverem Sistemas de Acesso e Permanência e formação e capacitação de mulheres desfavorecidas dessas regiões;
  • Possibilitar a mais de 1000 mulheres oportunidades de Formação Profissional e Tecnológica com o intuito de criar as condições necessárias ao resgate de sua auto-estima, ao redimensionamento dos seus objetivos, a sua inserção no mundo de trabalho, a melhoria de suas vidas, seus locais de trabalho e o meio ambiente em que vivem;
  • Desenvolver e implementar ferramentas e ações efetivamente comunicativas para a difusão, transferência e compartilhamento de conhecimentos entre as IFEPTs, Colleges Canadenses, parceiros brasileiros e canadenses, mulheres envolvidas e a sociedade em geral;
  • Desenvolver e implantar ferramentas técnicas e instrumentos que irão assegurar a sustentabilidade, a perenidade e a amplitude do projeto;
  • Capacitar as equipes multidisciplinares nas metodologias, ferramentas e técnicas utilizadas no processo de  inclusão social de populações desfavorecidas;
  • Capacitar alunos das 13 instituições envolvidas em sua Iniciação Cientifica e Tecnológica.

Possibilitar a formação profissional e tecnológica de mulheres desfavorecidas das regiões norte e nordeste, criando as pontes necessárias para que as mesmas incrementem o seu potencial produtivo, promovam a melhoria das condições de vida, das famílias, das suas comunidades e do seu crescimento econômico sustentável para a inclusão social e o pleno exercício da cidadania.

Estruturado em três grandes eixos - educação, cidadania e desenvolvimento sustentável – pilares orientadores em todo o processo de implementação do Mulheres Mil e na efetivação das etapas que constitui o projeto. As etapas de referencia contempladas são:

  • Criação das condições humanas e materiais;
  • Concepção e implantação de um processo de gestão do projeto;
  • Implantação e implementação do Módulo de Acesso ao CEFET;
  • Sistematização do plano educacional das mulheres;
  • Implantação e implementação do Módulo de Permanência das Mulheres;
  • Implantação e implementação do Módulo de Acesso ao Mundo do Trabalho;
  • Estruturação das condições de sustentabilidade do projeto.
© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal